Como se tornar MEI? Descubra o passo a passo e vantagens!

Com o impulsionamento do empreendedorismo, seja por desejo próprio ou por necessidade, muitas pessoas estão saindo da informalidade através do MEI. Se você também deseja abrir seu próprio negócio, descubra nesse post quais são as vantagens e o passo a passo para se tornar MEI!

O que significa e quem pode se tornar MEI?

MEI significa Microempreendedor Individual é um empreendedor que trabalha por conta própria de maneira formalizada e enquadrado no Simples Nacional, ou seja, fica isento de tributos federais (como Imposto de Renda, PIS, Cofins. IPI e CSLL) e realiza o pagamento mensal do DAS-MEI (Documento de Arrecadação do Simples Nacional do MEI).

Para se tornar um MEI, é necessário que sua atuação esteja listada nas diversas atividades permitidas. Além disso, é preciso que seu faturamento anual seja de até R$ 81 mil; não participar como sócio ou titular em outra empresa; não possuir filial e trabalhar individualmente ou com apenas um funcionário contratado.

Conheça o passo a passo para abrir MEI!

Você descobriu que sua atividade pode ser enquadrada como MEI e quer começar a se formalizar? Siga o passo a passo que nós separamos!

  1. Acesse o Portal do Empreendedor e clique no botão “Formalize-se“;
  2. Caso você já possua cadastro, informe seu CPF e senha cadastrada, caso não possua, clique na opção “Fazer cadastro” e depois retorne ao Portal do Empreendedor e clique novamente em “Formalize-se”;
  3. Após autorizar o uso de dados, informe (caso solicitado), o número de recibo da sua Declaração do Imposto de Renda ou do Título de Eleitor (no caso de estrangeiros, que possuem CPF, informar o número de recibo de Imposto de Renda e nos demais casos, informar o país de nacionalidade e dados de identificação civil);
  4. Confirme os dados e preencha as informações e declarações solicitadas.
  5. Agora, confirme sua inscrição e pronto!

Lembre-se de manter suas obrigações como MEI sempre em dia, realizando o pagamento mensal das DAS e a Declaração Anual de Faturamento (DASN-SIMEI) disponibilizadas no Portal do Empreendedor. Também fique atento à emissão da nota fiscal, obrigatória apenas no caso de venda ou prestação de serviço para outra pessoa jurídica, para pessoas físicas elas são dispensadas.

Benefícios do MEI: 8 principais vantagens!

Após realizar sua inscrição como MEI, já é possível começar a aproveitar os benefícios da formalização. Confira alguns deles abaixo!

  1. Abertura de um CNPJ
  2. Impostos mais baixos quando comparados aos demais registros tributários
  3. Possibilidade de emissão de notas fiscais
  4. Acesso facilitado a crédito em bancos e abertura de conta empresarial
  5. Isenção dos tributos federais: Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL
  6. Cobertura previdenciária do INSS (aposentadoria por idade ou invalidez)
  7. Auxílio-maternidade, auxílio-doença e auxílio-reclusão
  8. Pensão por morte
Copyright © - Todos os direitos reservados ® - 2023 CertFácil